segunda-feira, 15 de janeiro de 2007

Postagem Semanal do Splinter: Metal Español


...E cá estamos nós, outra vez. Fazia tempinho já que eu planejava apresentar um ''apanhado'' como esse, até tendo em vista que muita gente ainda sofre de um certo pré-conceito referente ao rock cantado em castelhano...À mim, ora, sempre fascinou: me parece que, enqüanto os grupos brasileiros que tinham uma proposta mais heavy (salvo as heróicas exceções) se desiludiam com o panorama nacional e compunham seus temas visando já o mercado exterior, os grupos de lingüagem hispânica sempre apresentaram trabalhos voltados p'rá valorização de sua própria cultura e tradições, criando assim obras singulares em credibilidade e poesia...Nem vou mencionar que esse meu fascínio por esses grupos possa se dever ao fato de eu , gaúcho, ter uma proximidade maior com a linguagem e o legado espanhol às américas; irei talvez apenas citar aquela velha teoria segundo a qüal o próprio Heavy Metal, suas cavalgadas e temas épicos, têm sua origem real em nenhum outro lugar além das bases do violão flamenco (alguém já ouviu ''Ai, Carmela'', canção da época da Guerra Civil Espanhola?)...Bueno...
...Deu um certo trabalhinho, mas dessa vez eu postei alguns vídeos junto aos álbuns p'rá baixar...Perdoem a baixa qüalidade de alguns deles, pois foi o que o You Tube nos proporcionou. Coloquei os vídeos apenas p'rá que aqueles que nunca viram esses grupos possam ter uma idéia do que se trata...''apenas uma idéia'', vale frisar. Se por ventura não gostarem do vídeo...baixem o álbum assim mesmo, p'rá terem a oportunidade de uma segunda impressão!!!

Até a próxima, pessoal !!! Comentários são sempre bem-vindos !!!

10 comentários :

  1. Esta postagem está maravilhosa, este Finisterra do Mago de oz já é lenda, e o que dissestes sobre a preservação da cultura espanhola mesmo num produto musical diferenciado é realmente uma grande verdade e faz falta ao nosso país... Claro que não podemos negar o que o Angra fez, mas ainda é pouco, muito pouco. Enfim, Warcry eu já conhecia, voce mesmo me apresentou, muito bom, eu mesmo só escutava castelhano nos discos do Brujeria.

    Bom, quanto aos vídeos, de vez em quando visito uma comunidade do orkut direcionada ao youtube, e de 30 vídeos um presta, como aquele, eheheheh, é o segredo!

    Até mais, amigo, amanhã começo a baixar estas pérolas deste famoso blog!

    ResponderExcluir
  2. Esta postagem está maravilhosa, este Finisterra do Mago de oz já é lenda, e o que dissestes sobre a preservação da cultura espanhola mesmo num produto musical diferenciado é realmente uma grande verdade e faz falta ao nosso país... Claro que não podemos negar o que o Angra fez, mas ainda é pouco, muito pouco. Enfim, Warcry eu já conhecia, voce mesmo me apresentou, muito bom, eu mesmo só escutava castelhano nos discos do Brujeria.

    Bom, quanto aos vídeos, de vez em quando visito uma comunidade do orkut direcionada ao youtube, e de 30 vídeos um presta, como aquele, eheheheh, é o segredo!

    Até mais, amigo, amanhã começo a baixar estas pérolas deste famoso blog!

    ResponderExcluir
  3. Esta postagem está maravilhosa, este Finisterra do Mago de oz já é lenda, e o que dissestes sobre a preservação da cultura espanhola mesmo num produto musical diferenciado é realmente uma grande verdade e faz falta ao nosso país... Claro que não podemos negar o que o Angra fez, mas ainda é pouco, muito pouco. Enfim, Warcry eu já conhecia, voce mesmo me apresentou, muito bom, eu mesmo só escutava castelhano nos discos do Brujeria.

    Bom, quanto aos vídeos, de vez em quando visito uma comunidade do orkut direcionada ao youtube, e de 30 vídeos um presta, como aquele, eheheheh, é o segredo!

    Até mais, amigo, amanhã começo a baixar estas pérolas deste famoso blog!

    ResponderExcluir
  4. Esta postagem está maravilhosa, este Finisterra do Mago de oz já é lenda, e o que dissestes sobre a preservação da cultura espanhola mesmo num produto musical diferenciado é realmente uma grande verdade e faz falta ao nosso país... Claro que não podemos negar o que o Angra fez, mas ainda é pouco, muito pouco. Enfim, Warcry eu já conhecia, voce mesmo me apresentou, muito bom, eu mesmo só escutava castelhano nos discos do Brujeria.

    Bom, quanto aos vídeos, de vez em quando visito uma comunidade do orkut direcionada ao youtube, e de 30 vídeos um presta, como aquele, eheheheh, é o segredo!

    Até mais, amigo, amanhã começo a baixar estas pérolas deste famoso blog!

    ResponderExcluir
  5. Esta postagem está maravilhosa, este Finisterra do Mago de oz já é lenda, e o que dissestes sobre a preservação da cultura espanhola mesmo num produto musical diferenciado é realmente uma grande verdade e faz falta ao nosso país... Claro que não podemos negar o que o Angra fez, mas ainda é pouco, muito pouco. Enfim, Warcry eu já conhecia, voce mesmo me apresentou, muito bom, eu mesmo só escutava castelhano nos discos do Brujeria.

    Bom, quanto aos vídeos, de vez em quando visito uma comunidade do orkut direcionada ao youtube, e de 30 vídeos um presta, como aquele, eheheheh, é o segredo!

    Até mais, amigo, amanhã começo a baixar estas pérolas deste famoso blog!

    ResponderExcluir
  6. Esta postagem está maravilhosa, este Finisterra do Mago de oz já é lenda, e o que dissestes sobre a preservação da cultura espanhola mesmo num produto musical diferenciado é realmente uma grande verdade e faz falta ao nosso país... Claro que não podemos negar o que o Angra fez, mas ainda é pouco, muito pouco. Enfim, Warcry eu já conhecia, voce mesmo me apresentou, muito bom, eu mesmo só escutava castelhano nos discos do Brujeria.

    Bom, quanto aos vídeos, de vez em quando visito uma comunidade do orkut direcionada ao youtube, e de 30 vídeos um presta, como aquele, eheheheh, é o segredo!

    Até mais, amigo, amanhã começo a baixar estas pérolas deste famoso blog!

    ResponderExcluir
  7. Ooops, desculpe o acidente, foi um pequeno problema no IE... achei que o comentário nem tinha entrado, afinal, deu erro e tive de fecha-lo!!!

    ResponderExcluir
  8. Hehehehehe! É, eu percebi! Valeu, de qüalquer forma, parcero! Não dá nada, não...agora o post 'tá bem recomendado!

    ResponderExcluir
  9. Os espanhóis têm Dom Quixote!
    Os ingleses têm o Rei Arthur!
    Os americanos têm Tom Sawyer, Huck Finn, Moby Dick.

    Os portugueses (e consquentemente os brasileiros) têm o quê mesmo?

    ResponderExcluir
  10. Temos Monteiro Lobato, temos Álvares de Azevedo e Augusto dos Anjos, temos Gregório de Matos, Drummomd de Andrade e Quintana, só p'rá citar os mais díspares, já que tu falaste em Literatura...
    Portugal tem Saramago, Alexandre Herculano...enfim, temos uma vasta carga cultural que nem sempre é devidamente valorizada...
    De qüalquer forma, eu me referia tão somente às músicas compostas em lingüagem nativa, dentro do Rock Pesado...Coisa que se vê na Espanha e na Argentina, mas não acontece (devido principalmente àquela velha questão mercadológica) no Brasil.

    Valeu o comentário, seu Onildo!

    ResponderExcluir

Comente sobre o post, para Pedido, Parceria, utilize o email mail@agoraerock.com

Seu comentário é nosso incentivo para continuar com este blog e trazer notícias e musicas boas para vocês!